Quadrinhos na Cia.

[RESENHA] Sopa de Salsicha, de Eduardo Medeiros

Resenha do quadrinho Sopa de Salsicha

Sabe aquele quadrinho que te conquista logo de cara sem muito esforço? Posso dizer, de forma bem brega, que o trabalho do Eduardo Medeiros foi amor à primeira vista. Algo me dizia – sexto sentido, talvez – de que seria uma leitura bem divertida.

Com traços simples de cartoon e em cores pasteis, Eduardo narra partes marcantes, outras nem tanto, da sua vida. Claro, que com toques de ficção, afinal Micheal Bolton não sai por aí aparecendo em sonhos para dar conselhos motivacionais.

 

Mas é assim que Sopa de Salsicha começa. Enfrentando uma crise existencial, Eduardo acaba recebendo o incrível conselho de Michael Bolton de escrever sua própria HQ, um sonho que sempre teve. Mas este conselho acaba desencadeando outra crise, a da criatividade.

Sem saber o que desenhar em sua HQ, Medeiros nos narra pedaços de sua vida. Como conheceu sua mulher, Aline; a vez que venceu uma competição de cusparada (uma das cenas mais hilárias do quadrinho); como alguns de seus amigos ilustradores acabaram participando de seu trabalho; crises financeiras, emocionais; e sobre sua repulsa por comidas feitas com bananas.

 

Desta forma, seu quadrinho acaba se resumindo em sopa, com pedaços de cada fase, momentos e sonhos. Sopa de Salsicha é quadrinho muito divertido, que dá para ser lido em uma tarde, e não deixa de trazer mensagens para serem refletidas.

Veja mais posts sobre quadrinhos.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply