Verus Editora

[RESENHA] Fim dos Dias: A Queda dos Anjos, de Susan Ee

Resenha A Queda dos Anjos, de Susan Ee

Penryn está se preparando junto com a sua mãe e sua irmã, Paige, para abandonar o apartamento em que viviam. Depois que os anjos desceram dos céus, as cidades foram destruídas e a humanidade tratada como lixo por aquelas criaturas que deveriam ser os mensageiros de Deus e provedores da justiça. Os humanos se dividiram em gangues para tentar sobreviver e que acabam deixando a vida ainda mais complicada, já que um bando de desesperados fica atrás de algumas penas ou membros angelicais para vender no mercado negro e conseguir em troca uma boa porção de comida ou outras coisas que possam garantir a sua sobrevivência.

Penryn decide que o melhor momento de encontrar outro lugar seguro para ficar é durante a noite, quando até mesmo as gangues se escondem com medo das criaturas sobrenaturais. Ela sai pelas ruas empurrando a cadeira de rodas de sua irmã e se escondendo atrás dos carros abandonados com sua mãe logo atrás. Em determinado momento Penryn vê uma pena caindo, depois outra e do nada CABUM! Um anjo de asas brancas cai em cima do carro à sua frente. O anjo de asas brancas está lutando com mais cinco e acaba sendo encurralado. É quando um deles repara nelas que sua mãe grita e saí correndo deixando as duas a própria sorte. Isso mesmo, a mãe grita e sai correndo sem se preocupar com suas filhas.

“Mesmo assim, apesar das origens práticas, o efeito geral é um arranjo estonteante de corpos celestiais no que parece ser um balé aéreo coreografado. Se Michelangelo tivesse visto isso à luz do dia, com o sol irradiando pelo vidro da abóboda, teria caído de joelhos e pintado até ficar cego.” (p. 204)



Nesse início eu achei que não fosse curtir tanto o livro assim, principalmente porque achei meio forçado a iniciativa toda ficar por conta de uma adolescente enquanto a mãe fica de figurante na história. A impressão que eu tinha ficado era que a autora estava tentando enfatizar a coragem e heroísmo da protagonista e que ia ser mais uma daquelas personagens perfeitas que, mesmo sendo humana, consegue lutar mano a mano com criaturas sobrenaturais. No entanto, eu estava bem enganada. No capítulo seguinte, Penryn nos conta um pouco sobre o drama que sua família viveu quando sua mãe foi diagnosticada com esquizofrenia. Para quem não sabe, é uma doença mental em que a pessoa interpreta a realidade de uma forma diferente, podendo enxergar ou ouvir coisas que os demais não veem ou escutam. A doença pode ser controlada com medicamentos, como os antipsicóticos ou neurolépticos, e sessões com um psicanalista. Só que em um mundo pós-apocalíptico, conseguir medicamentos e acompanhamento médico é impossível. Sendo assim, a mãe de Penryn e Paige fica entregue aos seus delírios e alucinações com demônios.

Quando os outros anjos cortam as asas do anjo branco, Penryn não aguenta de aflição e tenta interferir, mas a única coisa que ela consegue com isso é fazer com que os anjos roubem Paige de sua cadeira de rodas e a levem com eles. Essa é uma das muitas cenas do livro que vai te deixar arrepiado de tanta aflição, essas cenas super tensas me surpreenderam muito pois eu estava esperando uma história bem mais leve do que realmente é. Em A Queda dos Anjos vamos ter muito sangue, muito mistério, um pouco de política (quem reclamar que tem política, por favor, assista este vídeo e pare de mimimi) e, sim, um pouquinho de romance.

“Enfio todas as minhas dúvidas onde não posso mais senti-las. Tudo isso é muito parecido com saltar do precipício. Se a gente não achar que consegue, não consegue.” (p. 228)



Desesperada com o sequestro de sua irmã, Penryn acaba resgatando o anjo com as asas cortadas – que foi abandonado para sangrar até a morte – na esperança de que ele a ajude a chegar no ninho angelical. Mas Raffe, o anjo caído, no início não só se mostra um cara super ranzinza como não colabora nem para dar pequenas informações sobre a sua sociedade. Mas Penryn também não é uma menina que desiste fácil. Pelo contrário. A protagonista nos conta que sua mãe a obrigou a fazer aulas de defesa pessoal por causa dos demônios que ela via por toda parte – ou, quem sabe, por causa de seus próprios surtos. Ao mesmo tempo, a autora também nos mostra que Penryn é humana, tendo suas fraquezas, e não a faz uma super humana cuja força pode superar a de um anjo. É com um acordo que Penryn consegue convencer Raffe a ajudá-lá. Ele a ajuda a encontrar Paige e ela o ajuda a encontrar alguém que possa fazer uma cirurgia para costurar suas asas de volta.

A Queda dos Anjos é um livro fino (apenas 278 páginas) que te envolve do início ao fim, é daqueles que você não consegue parar de ler nem se um meteoro caísse na sua cabeça. Fiquei muito envolvida com toda a história, com os personagens e com os mistérios. Susan Ee é uma autora que não se preocupou em dar todas explicações sobre o mundo que ela criou e suas criaturas logo no primeiro livro, o que torna o livro muito menos maçante e te deixa se coçando de curiosidade com todos os mistérios. Só uma dica, não leiam o final do livro enquanto estiverem almoçando, porque vocês vão ficar enjoados. Por fim, acho que encontrei mais um livro para a minha lista de favoritos do ano.

“Tem alguma coisa no silêncio que deixa meus nervos à flor da pele. Era para ter barulho; talvez o ruído de um rato, de pássaros, de grilos ou algo assim. Mas até o vento parece ter medo de soprar.”” (p. 11)

 

You Might Also Like

18 Comments

  • Reply
    Livros e Legendas
    April 26, 2016 at 8:12 pm

    Olá! É a segunda resenha desse livro que leio hoje e confesso: a premissa, de forma nenhuma, chama a minha atenção. Não sou fã de literatura fantástica, e embora seus comentários sejam positivos, eu jamais daria uma chance pra esse livro… a não ser que fosse a última coisa a ler no mundo… kkkk… até gosto de livros com coisas nojentas e sangue, mas definitivamente, anjos caídos não são meu estilo.

    beijos

    ps: sua foto ficou lindíssima.

  • Reply
    - fecprates
    April 26, 2016 at 8:30 pm

    Já li esse livro também e gostei bastante da escrita da autora. Não gosto muito de ler tramas envolvendo anjos, mas consegui me surpreendi bastante com ele. Agora, estou aguardando ansiosamente a continuação. Também achei o livro bem fininho, e isso também ajuda para que a leitura seja bem fluida.
    Beijos, Fer

  • Reply
    Tamara Padilha
    April 27, 2016 at 10:13 am

    Oie, esse livro tem me intrigado, ainda mais com as resenhas positivas que tenho visto dele. Isso de a irmãzinha ser sequestrada também ja me deixa aflita só ao ler e a mãe com esquisofrenia, penryn tem uma vida complicada. E esse anjo, prevejo que vem amor pela frente. Fiquei bem curiosa com o porque você disse que o fim do livro nos enjoaria se estivermos comendo, eehe, preciso dele para logo.

  • Reply
    Amanda
    April 27, 2016 at 4:08 pm

    Oi Barbara, tudo bem?
    Tenho reparado pela blogosfera que esse livro tem agradado muita gente, e pelo visto com você não foi diferente. Apesar de ter muitos livros por aí com romance sobrenatural envolvendo um romance entre anjos e humanos, o que mais me intrigou nessa premissa foi que os anjos são retratados de maneira diferente, como se não fossem assim tão bonzinhos como esperamos. Quero conhecer esse livro um dia justamente por essa diferenciação.

    Beijos! ♥

  • Reply
    Camila Coelho
    April 27, 2016 at 4:48 pm

    Oie! Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro hoje, e estou desesperada para ler o livro. Eu adoro fantasia e amo histórias que envolvam anjos principalmente porque o enredo desse é bem diferente dos livros que já li envolvendo anjos. Pois pelo que pude perceber da sua resenha o livro foca na ação e na sobrevivência dos personagens e não no romance.
    Já esta incluso na minha lista de leituras!
    bjs

  • Reply
    Bruna Costabeber
    April 27, 2016 at 11:48 pm

    Olá!
    Ao ler sua resenha, senti uma vontade imensa de ler o livro.
    Parece ser aquele tipo de leitura que, enquanto você não chegar ao fim, não vai parar.
    A premissa dele, a princípio, também não tinha me atraído, mas aí fui conhecendo um pouco mais e fiquei encantada. A cena de anjos arrancando as asas de outro anjo deve ser, mesmo, tensa.
    Já anotei a dica e espero ler logo.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

  • Reply
    Dryh Meira
    April 27, 2016 at 11:51 pm

    Oiee ^^
    De início eu não tinha ficado muito curiosa para ler este livro, pois histórias com anjos e coisas do tipo não são as minhas favoritas. Mas só tenho visto resenhas positivas a respeito dele, então estou animadíssima…hehe' Saber que a leitura é envolvente e que prende do início ao fim me fez colocá-lo na listinha. Fiquei curiosa para ver esse final…hehe'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

  • Reply
    Carla
    April 28, 2016 at 12:37 am

    Oie!
    Eu adorei esse livro! A trama e a narrativa da autora são ótimas! Quando menos espera, já terminou o livro ansiosa para o próximo. Com certeza, foi para mim, um dos melhores livros de 2016.
    Bjks!
    Blog Histórias sem Fim

  • Reply
    Andy Nantes
    April 28, 2016 at 1:58 pm

    Oi!
    Eu amei esse livro! Pensei que ia gostar e que seria mais um romance legalzinho mas superou em muito as minhas expectativas! Adorei a autora ter inserido tópicos sombrios à sua história, só elevou o nível da obra e estou muito ansiosa para ler a sequência.
    Abraços,
    Andy – StarBooks

  • Reply
    Rízia Castro
    April 28, 2016 at 2:25 pm

    Oi
    Apesar da sinopse atraente e da sua resenha maravilhosa, o livro não chamou muito minha atenção.
    Não sou fã desse gênero e estou um pouco enjoada de livros voltados para um público mais adolescente.
    Mesmo assim, adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias

  • Reply
    Livros Encantos
    April 29, 2016 at 12:58 pm

    Ola Babi eu amo livros com anjos, juntamente com fantasia está formada a dupla perfeita para mim, gostei muito da premissa do livro e pelo visto nossa protagonista carrega grandes responsabilidade com sua família. Já quero ler, não conhecia o livro e vou procurar para comprar. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

  • Reply
    No Conforto dos Livros
    April 29, 2016 at 9:15 pm

    Olá!! 🙂

    Nunca li esse livro mas estou farto (no bom sentido) de ouvri falar dele! 🙂 Que bom que gostaste assim tanto!! 🙂

    Parece ser perfeito para mim: adoro o genero e misterios tambem!! 🙂 ahah

    Boas leituras!! 😉
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

  • Reply
    Pensamento Literario
    April 29, 2016 at 11:13 pm

    OI!

    Essa semana já é a segunda resenha que leio e o livro em si me atraiu,o que me deixou triste é que parece que tem continuação e tenho achado enfadonho livros que são divididos para formar série ou trilogia. As vezes temos a impressão do livro ser maçante, mas o segredo é tentar insistir e se encontrar na estória, e foi o que vc fez e acabou sendo arrebatada. Beijos!

  • Reply
    Daiane Silva
    April 30, 2016 at 10:23 pm

    Eu li algumas resenhas sobre esse livro, que me deixaram bastante curiosa.. Eu gosto bastante desse tema abordado. Todos os comentários bastante positivos, o fato de vc ter sugerido ler o final na hora do almoço me fez pensar varias coisas que poderia acontecer e ainda nem comecei a ler a história kkkk…

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

  • Reply
    Gabrielly Marques
    May 1, 2016 at 12:47 am

    Olá, Babi, tudo bem? Adorei sua resenha! É a segunda que leio hoje sobre esse livro e estou ficando maluca para lê-lo! E fiquei ainda mais quando você disse que está entre teus favoritos do ano! Meu deeeeussss, preciso desse livrooo! <3 Espero poder ler em breve e gostar tanto quanto você.
    Beijo!

  • Reply
    Coleções Literárias
    May 1, 2016 at 2:06 am

    A cena de um anjo caindo do céu bem em cima do carro deve ser bem top hahahaha. AGORA como uma mãe sai correndo sem ligar para as filhas ???? Aaaaaaaaaa agora entendi, a mãe dela foi diagnosticada com esquizofrenia, nossa *o* Achei bem interessante. Que bom que o segundo capitulo te deu uma outra visão sobre o livro e tirou de vc a sensação de ser uma história um pouco forçada;
    Essa é a segunda resenha desse livro que leio e realmente fico cada vez mais animada e curiosa. Espero que o livro também me envolva assim.

  • Reply
    Licavargas
    May 1, 2016 at 7:41 pm

    Adoro esse mundo de anjos e a Susan parece ter seguido uma linha de eles serem soldados que somente seguem regras, tipo em Supernatural onque me fez amar ainda mais a história.adorei a leitura e estou super empolgada para o próximo, principalmente para conhecer mais do Raffe.
    Adorei que a autora não quis responder tudo no primeiro livro, assim como adorei a mocinha ter mais preocupações do que encontrar o amor da sua vida 🙂
    Beijinhos,
    Lica
    http://amoreselivros.com.br

  • Reply
    Stefani Almeida
    May 3, 2016 at 2:57 pm

    Olá *–*

    É a segunda resenha que eu leio desse livro e acho super legal como as opiniões são diferentes e ao mesmo tempo iguais por gostarem tanto do livro. Sou bem sincera me decepcionei de mais com livros de anjos e desde então não leio mais nada relacionado. Mas vendo toda empolgação que você tem e por saber que ele envolve do começo ao fim confesso que bateu aquela curiosidade em ler viu. Quem sabe mais pra frente eu não me rendo.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

  • Leave a Reply