Chiado Editora

[Personagem Literário] Marina, de A Garota que tinha medo

Marina, personagem do livro A Garota que tinha medo.

 

Mais desenhos na página BabiIlustra 🙂

Marina é uma adolescente, personagem do livro A Garota que tinha medo, que acaba desenvolvendo a Síndrome do Pânico. Foi uma personagem que me conquistou logo de cara, não só por se mostrar forte diante dos preconceitos e incompreensão por parte daqueles que nada entendiam sobre a síndrome como também se mostrou firme diante do difícil tratamento.

Eu fiquei com vontade de desenhá-la logo no início do livro, mas a vontade apertou quando Marina explica sua tatuagem no dedo – que é o ano que nasceu, 1987. A tatuagem é uma referência direta ao afresco A criação de Adão, do italiano Michelangelo, pintado no teto da Capela Sistina – que eu tive o enorme prazer de visitar em 2014. Na pintura temos deus criando o homem (no caso, o Adão) a partir de seu dedo indicador, dando a ideia de que deus nos criou à sua imagem e semelhança. Por iss, Marina tatua o ano de seu nascimento no dedo.<3

O desenho dessa fez foi pintado em um programa diferente, que não o famoso e maravilhoso Photoshop, chamado Paint Tool SAI, da Microsoft. Eu nunca tinha usado o programa, conheci caçando tutoriais de pintura digital pela internet e resolvi baixar uma versão para testar – que depois dei uma brochada descobrindo que era uma versão trial, isso é, expirável. Sim, eu tava crente que tinha achado um programa gratuito.

No digital, aproveitei para alterar uns pequenos detalhes que estavam me incomodando no desenho original –  como a mão que estava um pouco grande e o rosto que não tinha me agradado tanto. Do resultado final posso dizer que foi um dos poucos que eu terminei e falei “nossa, gostei!” (eu normalmente acho meus desenhos uma grande bosta porque fico vendo só os erros).

E, gente, adorei o SAI! Ele não é programa tão intuitivo quanto o Photoshop (ou talvez eu que tenha me acostumado com os programas da Adobe), mas é simples e tem umas ferramentas que não existem no PS e fazem muita diferença. Mas acho que o detalhe que mais me apaixonei é que é possível controlar mais o traço, então ele fica todo limpo e definido. No caso do PS, você tem que fazer tracinho por tracinho, como se você tivesse utilizando nanquim, para garantir um traço reto – o que pode ser um pouco demorado e chato se você não estiver com paciência.

Me alonguei um pouco falando sobre o SAI, mas espero que vocês tenham gostado da Marina! :3

You Might Also Like

No Comments

  • Reply
    Flávia Bergamin
    June 24, 2015 at 5:56 pm

    Ooi, Babi! 🙂

    Nunca ouvi falar sobre essa personagem, mas fiquei curiosa sobre o livro haha
    Adorei o desenho, wow *—*
    Parabéns pelo talento!

    Beijos,
    Tia War
    http://voceetaolivro.blogspot.com.br/

  • Reply
    Carla
    June 24, 2015 at 9:28 pm

    Que linda! Adorei isso de tatuagem do dedo e das referencias a Michelangelo <3
    Beijos,
    cabanadosanjos.blogspot.com

  • Reply
    Escritor de conta
    June 26, 2015 at 6:18 pm

    Uau! Amei a ilustração e já estou curtindo a page! <3

    http://www.escritordeconta.com/

  • Reply
    Estante Diagonal
    July 8, 2015 at 5:26 pm

    Cada dia me apaixono mais pelo teu talento Babi, qualquer dia vou te pedir algo especial para mim! Tu aceita? hahaha ADorei! Sucesso viu!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

  • Reply
    Gabbi Levesque
    July 17, 2015 at 1:17 pm

    Nunca ouvi falar do livro e nem da personagem, mas achei seu desenho l-i-n-d-o! E a história da tatuagem dela é bem diferente, adorei. Já estou seguindo o blog 😀
    Beijo, Gabbi <3
    dearlysandra.blogspot.com

  • Reply
    babimontec
    July 18, 2015 at 8:38 pm

    Obrigada <3

  • Reply
    babimontec
    July 18, 2015 at 8:39 pm

    Também adorei! Achei bem criativo 🙂

  • Reply
    babimontec
    July 18, 2015 at 8:39 pm

    Obrigada, Lucas 😀

  • Reply
    babimontec
    July 18, 2015 at 8:41 pm

    Claro que aceito! Pode pedir de aniversário ou algo assim, eu deixo 😉

  • Reply
    babimontec
    July 18, 2015 at 8:41 pm

    Obrigada, Gabbi!! Espero te ver mais vezes por aqui, viu?

  • Leave a Reply